Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Perfil do assassino rico contado por quem o conhece

Perfil do assassino rico contado por quem o conhece

Já passaram quase 2 dias e ainda nada se sabe quanto ao paradeiro do homem que ceifou a vida ao militar da GNR Carlos Caetano e ao jovem Luís Pinto.

Pedro João Pinho Dias, tem 44 anos, é o principal suspeito dos crimes em Aguiar da Beira e muito conhecido pelas Terras de Arouca.

O Presidente da Junta da União de Freguesias de Arouca e Burgo, conhecia bem este homem e nem queria acreditar quando soube da notícia.

Fernando Mendes nada tem a dizer sobre o rapaz a quem chama de Pedro João e garante que não tinha necessidade para fazer o que fez. Pertence a uma família conceituada da zona, a mãe é professora reformada e o pai engenheiro florestal.

Nascido num berço de ouro, Fernando Mendes afirma que sabia da situação ilegal em que a empresa de produção animal do suspeito vivia.

Além da moradia no centro da vila de Arouca, que está a ser vigiada pela GNR, o suspeito tem uma quinta na freguesia da Várzea, também no concelho de Arouca, onde, em 2014, a GNR apreendeu mais de meia centena de animais de espécies protegidas e autóctones e várias armas.

Com uma filha pequena, o que Pedro João Pinho Dias fazia da vida, Fernando Mendes não sabe. O que garante é que não precisava de se esforçar muito.

Na aldeia, quem o conhece diz que Pedro Dias é protagonista de alguns conflitos, mínimos e nada preocupantes, como o corte e venda de Pinheiros alheios ou furto de cobre.

Da GNR as actividades ilícitas do suspeitos não são desconhecidas. Pedro João Pinho Dias tem cadastro criminal.

Fonte próxima do suspeito, diz que Pedro Dias tem dois filhos, uma com dez anos do primeiro casamento e do atual relacionamento um filho de apenas um ano.

 

Pode ver também

Incêndios: Tarouca doa Árvores de Natal para depois replantá-las

A tradição é já bem conhecida por todos: durante a quadra natalícia as famílias enfeitam …

Comente este artigo