Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Operação do Helicóptero do INEM em Lamego perto de ser abortada

Operação do Helicóptero do INEM em Lamego perto de ser abortada

No passado sábado, 16 de Fevereiro, o helicóptero do INEM sediado em Macedo de Cavaleiros foi acionado para fazer o transporte de um doente grave de Lamego para o Porto.

O socorro a um idoso que sofreu queimaduras graves, acabou por atrasar porque a aeronave, em vez de aterrar no heliporto do Hospital de Lamego, acabou por receber o doente no Estádio do Peso da Régua, no concelho vizinho.

Por indicação do CODU, os bombeiros tiveram de transportar a vítima até ao Peso da Régua, a 12 quilómetros, do local da ocorrência porque o helicóptero não tinha autorização para aterrar em Lamego.

Bruno Lobão, bombeiro da corporação de Lamego, em declarações à SIC, diz não entender o porquê de o helicóptero não ter aterrado num dos dois campos de futebol existentes nas proximidades.

Em comunicado o INEM salienta que a vítima teve sempre acompanhamento médico.

Bruno Lobão, não entende porque é que não consta na lista da Autoridade Nacional de Aviação Civil, um local na cidade de Lamego onde a aeronave do INEM possa aterrar no período noturno.

A operação do helicóptero do INEM por falta de condições de aterragem em segurança esteve perto de ser abortada, salienta Bruno Lobão.

O Estádio do Peso da Régua, para onde o heliporto se deslocou, também estava às escuras e a equipa de helitransporte viu-se obrigada a sobrevoar durante mais de 15 minutos a localidade do Peso da Régua até conseguir aterrar em segurança.

 

Pode ver também

Câmara de Cinfães atribui apoios mensais para fixar médicos de família

Com o objetivo de atrair e fixar médicos de família no Concelho, a Câmara Municipal …

Comente este artigo