Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Operação do Helicóptero do INEM em Lamego perto de ser abortada

Operação do Helicóptero do INEM em Lamego perto de ser abortada

No passado sábado, 16 de Fevereiro, o helicóptero do INEM sediado em Macedo de Cavaleiros foi acionado para fazer o transporte de um doente grave de Lamego para o Porto.

O socorro a um idoso que sofreu queimaduras graves, acabou por atrasar porque a aeronave, em vez de aterrar no heliporto do Hospital de Lamego, acabou por receber o doente no Estádio do Peso da Régua, no concelho vizinho.

Por indicação do CODU, os bombeiros tiveram de transportar a vítima até ao Peso da Régua, a 12 quilómetros, do local da ocorrência porque o helicóptero não tinha autorização para aterrar em Lamego.

Bruno Lobão, bombeiro da corporação de Lamego, em declarações à SIC, diz não entender o porquê de o helicóptero não ter aterrado num dos dois campos de futebol existentes nas proximidades.

Em comunicado o INEM salienta que a vítima teve sempre acompanhamento médico.

Bruno Lobão, não entende porque é que não consta na lista da Autoridade Nacional de Aviação Civil, um local na cidade de Lamego onde a aeronave do INEM possa aterrar no período noturno.

A operação do helicóptero do INEM por falta de condições de aterragem em segurança esteve perto de ser abortada, salienta Bruno Lobão.

O Estádio do Peso da Régua, para onde o heliporto se deslocou, também estava às escuras e a equipa de helitransporte viu-se obrigada a sobrevoar durante mais de 15 minutos a localidade do Peso da Régua até conseguir aterrar em segurança.

 

Pode ver também

Viseu na “mira” da Unidade de Ação Fiscal na sequência da operação “Ouro Verde”

Quatro pessoas foram detidas na terça-feira por crimes de fraude fiscal no valor de cinco …

Comente este artigo