Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Museu e Misericórdia de Lamego unem-se para salvar duas esculturas

Museu e Misericórdia de Lamego unem-se para salvar duas esculturas

A Santa Casa da Misericórdia e o Museu de Lamego juntaram-se com o objetivo de devolverem à fruição pública duas esculturas, datadas da segunda metade do século XVI, que integraram o recheio da antiga igreja da Misericórdia.

A campanha de mecenato “Conhecer Conservar Valorizar” entra assim numa nova fase, sendo, pela primeira vez, convidada uma instituição “a unir esforços na salvaguarda do património”, refere o Museu de Lamego, em comunicado.

Depois do “grande incêndio que, em 1911, devorou a rua de Almacave”, diversas obras de arte da igreja acabaram por recolher ao Museu de Lamego, quando este foi criado, em 1917.

Segundo o museu, entre estas obras estavam “a pintura da Visitação, da autoria do pintor lisboeta Pedro Alexandrino, e duas pinturas e duas esculturas alusivas a episódios da Paixão de Cristo”.

As duas pinturas intitulada “Jesus e a cana verde” e “Jesus atado à coluna” foram alvo de um tratamento conservação e restauro, entre 2016 e 2017, no âmbito do projeto “Conhecer Conservar valorizar”, mas o mesmo não aconteceu às esculturas.

“A necessitar de uma intervenção urgente, o Museu de Lamego e a Santa Casa da Misericórdia juntam-se num projeto onde todos podem ser mecenas, sob o mote ‘a sua contribuição, seja qual for o valor, constitui uma contribuição valiosa'”, sublinha o comunicado.

As duas esculturas encontram-se “nas reservas do Museu de Lamego, praticamente desde que integraram a sua coleção”, tendo agora “uma oportunidade de regressar à exposição permanente do Museu de Lamego”.

Esta é uma de várias iniciativas que o museu e a Santa Casa da Misericórdia pretendem lançar em conjunto ao longo deste ano.

 

Pode ver também

Viseu: Sede de combate à violência no desporto inaugurada na segunda-feira

A sede da Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto (APCVD), …

Comente este artigo