Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Memorial a Aristides de Sousa Mendes… na fronteira de Vilar Formoso
Fotografia de: Presidência da República Portuguesa

Memorial a Aristides de Sousa Mendes… na fronteira de Vilar Formoso

Aristides de Sousa Mendes “viu” este sábado o memorial aos refugiados judeus da Segunda Guerra Mundial a ser inaugurado.

A partir de agora, Vilar Formoso deixa de ser apenas um ponto de passagem aos emigrantes portugueses quando regressam às suas terras e passa a ser um local de homenagem aos que sucumbiram e sobreviveram ao holocausto atroz de outros tempos.

O projecto do Polo Museológico “Vilar Formoso Fronteira da Paz – Memorial aos Refugiados e ao Cônsul Aristides de Sousa Mendes”, custou cerca de 1,2 milhões de euros, foi idealizado pela Câmara Municipal de Almeida e integra a rede das Judiarias de Portugal – Rotas de Sefarad.

Margarida Ramalho, comissária dos seis núcleos expositivos do novo Pólo Museológico, referiu que o memorial “tenta passar a sensação de alívio dos refugiados quando chegaram a solo português”.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente na cerimónia. Lembrou que este museu, construído junto da estação de caminho-de-ferro de Vilar Formoso, “é importante para os valores fundamentais das pessoas” e que se traduz numa “chamada de atenção constante para que não nos esqueçamos, não nos resignemos, não nos demitamos da nossa luta por valores fundamentais da pessoa humana. Foi com Aristides de Sousa Mendes. Tem de ser com muitos, muitos mais hoje e no futuro. É a lição deste museu “.

Quem visitar o espaço pode encontrar seis exposições alusivas a “A partida”, “Início do pesadelo”, “Gente como nós”,  “A viagem”, “Por terras de Portugal” e “Vilar Formoso fronteira da paz”.

Aristides de Sousa Mendes, em 1940, cônsul de Portugal em Bordéus, assinou 30 mil vistos para salvar pessoas do holocausto nazi, contrariando as ordens do Governo de Salazar, situação que o levaria à expulsão da carreira diplomática. Muitos desses refugiados entraram em Portugal pela fronteira de Vilar Formoso.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou o Concelho de Carregal do Sal no dia 3 de abril de 2017, para condecorar, a título póstumo, Aristides de Sousa Mendes com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

Aristides nasceu na aldeia de Cabanas de Viriato, concelho do Carregal do Sal (no sul do Distrito de Viseu) a 19 de Julho de 1885.

 

Pode ver também

Castro Daire: Detido por posse ilegal de armas

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Viseu, hoje, no dia …

Comente este artigo