Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / “Heróis da Fruta” quer chegar a todas as crianças de Viseu
Crédito: Agenciazero.net

“Heróis da Fruta” quer chegar a todas as crianças de Viseu

Aumentar consumo de fruta na infância é a meta desta iniciativa que registou subida de 42% no ano letivo anterior.

A Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil quer estender no ano lectivo 2016-2017, a adesão de todas as escolas de 1º ciclo e jardins de infância de todas as regiões do país, ao projecto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”. As inscrições para a 6ª edição desta que é já considerada a maior iniciativa gratuita de educação para a saúde em Portugal já estão abertas e prolongam-se até 14 de Outubro de 2016. Podem inscrever-se todos os estabelecimentos de ensino interessados, públicos e privados.

Depois do sucesso das edições anteriores que envolveram no total 236.227 alunos de todos os concelhos do país, «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» é atualmente o maior programa gratuito de educação para a saúde de âmbito nacional com uma das maiores taxas de sucesso de sempre em reeducação alimentar infantil.

“Está comprovado com os resultados das edições anteriores que a aplicação do modelo pedagógico dos heróis da fruta aumenta em pelo menos 42% o consumo de fruta no lanche escolar das crianças que nele participam”, afirmou Mário Silva, presidente e fundador da APCOI, sublinhando ainda que “nas últimas edições tivemos participações de todos os distritos e regiões autónomas, mas a nossa meta é chegar a todas as escolas do país”.

Após efectuar a inscrição, as escolas recebem acesso aos materiais pedagógicos que necessita, sem qualquer custo. “Trata-se de um modelo chave-na-mão que qualquer estabelecimento de ensino poderá colocar em prática de uma maneira simples e eficaz”, referiu Mário Silva.

O projecto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» regressa às escolas no início do ano lectivo 2016/2017 para prevenir uma realidade preocupante: 74% das crianças portuguesas não ingere fruta na quantidade recomendada, das quais 7% não consome qualquer porção de fruta diariamente. Este baixo consumo de fruta provoca carências nutricionais e tem efeitos muito negativos para a saúde: diminui os níveis de energia, de concentração, de aprendizagem e das defesas do organismo, tornando as crianças mais sujeitas a doenças como a obesidade ou a diabetes tipo 2, logo desde a infância. Portugal está entre os países europeus com maior número de crianças afectadas por esta epidemia mundial: uma em cada três crianças portuguesas tem excesso de peso.

A adesão a esta iniciativa de educação para a saúde está disponível para jardins de infância, escolas de 1º ciclo do ensino básico, bibliotecas escolares, ATL’s, públicos ou privados, sendo apenas necessária uma inscrição gratuita.

A Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 2010, cuja missão é ajudar a criar um mundo melhor para as futuras gerações, através de iniciativas que valorizem a saúde das crianças, promovam o combate ao sedentarismo ou à má nutrição e previnam a obesidade infantil e todas as doenças associadas. A APCOI é composta por um grupo de voluntários preocupados com a saúde infantil, que se mobilizam em torno da responsabilidade de transmitir melhores hábitos de vida às crianças, ajudando-as a escolher as opções mais saudáveis. Desde Dezembro de 2010, a APCOI já beneficiou 255.570 crianças através das seguintes iniciativas: «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável», «Corrida da Criança – Por um futuro mais saudável» e sessões gratuitas de aconselhamento personalizado com nutricionistas.

 

Pode ver também

Transporte de água para Fagilde não vai parar mesmo com previsão de chuva

As descargas de água diárias feitas através de 45 camiões-cisternas dos bombeiros na barragem de …

Comente este artigo