Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Há 29 anos, Carlos Paião… morreu a caminho de Penalva do Castelo para um concerto
Foto: Luís Vasconcelos/CM

Há 29 anos, Carlos Paião… morreu a caminho de Penalva do Castelo para um concerto

O cantor português Carlos Paião morreu a 26 de agosto de 1988 num trágico acidente de automóvel a caminho de Penalva do Castelo. Por essa altura, aconteciam as festas do concelho em honra de São Genésio. Tradição que ainda hoje se mantém.

Os óbitos foram declarados ainda na Estrada Nacional 1, na zona de Rio Maior, por volta das 15h00. O artista não resistiu à violência do embate frontal da Datsun Urvan com um camião que circulava em sentido contrário. Só o lugar do condutor, Jorge Esteves (técnico de som), ficou mais ou menos intacto. No carro seguia ainda o amigo de Paião, Carlos Miguel.

Tinha apenas 30 anos, mas foram suficientes para lhe reconhecerem o talento musical que carregava.

Na sua curta, mas intensa carreira… foi intérprete de vários temas de sucesso como «Pó de Arroz», «Cinderela» e «Play-Back» e compôs outras tantas para Herman José e Amália Rodrigues. Somam-se ao todo mais de 300 canções.

A Revista Sábado, publicou o artigo “Carlos Paião: falámos com o homem que ia ao volante quando ele morreu” em Agosto de 2013. Agora, voltou a trazê-lo à memória. Leia aqui a entrevista com Jorge Esteves. O único sobrevivente do acidente:

http://www.sabado.pt/vida/pessoas/detalhe/carlos-paiao-falamos-com-o-homem-que-ia-ao-lado-dele-quando-morreu

 

Pode ver também

Cemitério em Oliveira de Frades com funcionário dedicado à sua manutenção e limpeza

O cemitério de Oliveira de Frades foi requalificado. A partir de amanhã, as pessoas com …

Comente este artigo