Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Local / Escola para ensino doméstico na Quinta da Enterranha – Sátão
maxresdefault

Escola para ensino doméstico na Quinta da Enterranha – Sátão

Um grupo de 17 amigos, jovens, todos estrangeiros, comprou uma propriedade na Quinta da Enterranha, próximo da aldeia de Carvalhal de Romãs, no concelho de Sátão, e ali vivem há mais de quatro anos com o grande objetivo de criarem uma aldeia auto sustentável e biológica estando “mais próximo da natureza outra vez e voltar às raízes”, como referem.

E é sob estes princípios que trabalham a terra e que têm vindo a construir as suas moradias.

Acontece que no início a comunidade tinha só duas crianças e neste momento esse número aumentou para nove crianças, acrescentando novas necessidades que terão que ser correspondidas com novos projetos.

E colocando-se a necessidade de ser dada educação e formação às crianças a comunidade vai ter que avançar para a construção de uma escola, pois até aqui as crianças estavam em idade de jardim-de-infância, que frequentavam na comunidade, nas suas moradias, em modalidade de ensino doméstico.

E é este o desafio que é lançado sob a forma de vídeo e num site que criaram para o efeito, o da construção de uma escola que permita às crianças mais velhas terem acesso à educação e formação, também em modalidade de ensino doméstico, que lhes querem facultar.

E o grupo avança com o período entre 15 de junho e 15 de julho para que a escola seja construída desafiando as pessoas a ajudá-los em partilha de saberes.

É nesse contexto que será criado um acampamento que receberá os voluntários que queiram ajudar na construção da escola, resultando esta da recuperação de uma ruína segundo métodos de bio construção.

É, pois, este o projeto que neste momento está a mobilizar a comunidade que vive na Quinta da Enterranha, a construção da escola para as suas crianças, dizendo que aceitam, para além do trabalho de voluntários, todas as ofertas pois são “bons a reciclar.

Reciclamos tudo, janelas, portas, madeira e tentamos manter o orçamento baixo”.

Para além da escola, no futuro irão recuperar o forno e os moinhos existentes na quinta para confecionarem o próprio pão e para prosseguirem e aprofundarem os seus princípios de auto sustentabilidade.

Quanto ao ensino ministrado a própria comunidade diz que se trata de ensino doméstico, importando aqui referir que esta modalidade de ensino é legal em Portugal.

Através desta modalidade os jovens podem ser acompanhados no seu próprio domicílio por um familiar ou por pessoa que nela habite.

Porém, tem que haver uma ligação a uma escola pública onde terão que ser efetuados exames nos finais de ciclo.

Casa Aprendizagem ou Home scholling é o projeto que esta comunidade, “uma união de famílias interessadas na opção do ensino doméstico como educação para os seus filhos” como dizem no site, quer levar a cabo na Quinta da Enterranha, acrescentando que “o nosso objetivo como pais e educadores é proporcionar ás crianças uma educação viva, integral, amante da natureza, que inclua as artes e o espírito, e que respeite o ritmo de aprendizagem e o interesse de cada criança.”

Diário Digital Dão e Demo

 

Pode ver também

Cruzamento da EN 16 para EN 229-2

Rio de Moinhos e São Miguel de Vila Boa ganham novo padre

A Diocese de Viseu está em renovação. Vai reorganizar pastoralmente a distribuição dos párocos em …

Comente este artigo