Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Entre os melhores

Entre os melhores

Um “Terras do Demo”, espumante branco, malvasia-fina bruto de 2012, aparece posicionado lado-a-lado e mesmo à frente de algumas das grandes marcas de champanhe francês, em qualidade e sobretudo no custo de venda ao público.

O espumante produzido pela Cooperativa Agrícola do Távora, em Moimenta da Beira, surge ainda na dianteira de todos os espumantes portugueses seleccionados, à excepção de um “Murganheira”, vintage bruto, de 2006, que à frente na pontuação da qualidade global, perde no entanto no custo de venda, já que é transacionado ao público a um preço quatro vezes superior ao do “Terras do Demo”. No caso do champanhe francês, a diferença é ainda maior, chega a ser cinco e seis vezes mais caro. A notícia, saída agora à entrada do período de maior venda e consumo, é excelente para a economia e a comercialização de um dos produtos endógenos mais distintos de Moimenta da Beira

A tabela dos espumantes está plasmada no ‘dossier especial: vinhos espumantes’ do “Guia de Vinhos 2016” que a ‘Proteste’ acaba de publicar. Ao todo são 40 marcas (10 francesas e 30 portuguesas) analisadas pela ‘Proteste’. A “Terras do Demo” está classificada em 7º lugar (2ª portuguesa), com 78 pontos e cinco estrelas, tantas quantas as melhores e mais afamadas marcas francesas, como a “Pommery” e a “Charles Mignon”, e mais estrelas até que a celebrada “Moet & Chandon”.

Na degustação feita por um painel de provadores profissionais, o “Terras do Demo”, espumante branco, malvasia-fina bruto de 2012, tem “aspecto cristalino, com bolha fina persistente e cor citrina. No aroma é frutado, com notas de quiwi e ligeira tosta. E no sabor é fresco, com boa expressão, espuma envolvente, a terminar apelativo”.

 

Pode ver também

Detido homem de 69 anos por posse ilegal de armas

O Comando Territorial de Viseu, através do  Núcleo de Investigação e Criminal de Viseu, deteve …

Comente este artigo