Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Duas Escolas Profissionais do distrito vivem sufoco financeiro graças ao estado

Duas Escolas Profissionais do distrito vivem sufoco financeiro graças ao estado

Graças aos atrasos nos pagamentos por parte do Estado, as Escolas Profissionais a nível nacional vivem um sufoco financeiro.

No distrito de Viseu, lesadas, estão as Escolas Profissionais de Tondela (com cerca de 400 alunos) e a Mariana Seixas (com cerca de 520 alunos).

Pedro Alves, presidente da Distrital de Viseu do PSD, explica que as escolas têm conseguido sobreviver graças a empréstimos que podem vir a comprometer a sua existência.

Depois do alerta para a asfixia financeira a que o governo estava a sujeitar estas escolas, o Ministro do Planeamento e Infraestruturas já se apressou a pagar apenas uma parte das verbas, mas longe ainda da dívida estar resolvida. Para Pedro Alves, a lamentar é ainda que a tutela esteja a agir “por reação e não por ação”.

De louvar, para o PSD, é a capacidade interna de gestão e organização de cada instituição para garantir que no final de mês todos os profissionais em causa tenham os vencimentos pagos a horas.

Até à transferência desta pequena tranche da parte do estado, a Escola Profissional de Tondela tinha em atraso mais de um milhão de euros e a Escola Profissional Mariana Seixas aproximadamente 1 milhão e 800 mil euros.

Para Pedro Alves este atraso nos pagamentos é justificado pela tentativa de “maquilhagem contabilística” do governo numa estratégia do controlo do défice.

A ajudar à asfixia financeira, o PSD Viseu denuncia ainda que as candidaturas financeiras para o ano letivo em curso não foram abertas.

Peça de Maria Sousa/AliveFm

 

Pode ver também

Câmara de Nelas lança empreitada para a construção da ETAR na Zona Industrial

Está em curso o lançamento da empreitada para a construção de uma nova ETAR na …

Comente este artigo