Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Coligação quer avançar com autoestrada entre Coimbra e Viseu

Coligação quer avançar com autoestrada entre Coimbra e Viseu

O Governo quer avançar com a construção da ligação em autoestrada entre Coimbra e Viseu, com cobrança de portagens e sem qualquer custo para o contribuinte, segundo o programa entregue hoje na Assembleia da República.

Em agosto, o presidente da Infraestruturas de Portugal, António Ramalho, avançou que a solução para uma ligação rodoviária entre Viseu e Coimbra poderia passar por um corredor desenhado em quatro etapas, com a manutenção do atual Itinerário Principal (IP) 3.

Nessa altura, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, defendeu celeridade no arranque da discussão pública sobre o traçado a executar: “Se nada acontecer daqui até outubro ou novembro, a discussão pública que se há de iniciar vai ser só em 2016”.

“E não teremos obra para 2017, mas talvez para 2018, portanto, a obrigação do Governo é lançar a discussão, fazer o seu trabalho de casa, pô-lo à disponibilidade de todos e depois aguardar que essa discussão, que se vai prolongar para lá das eleições, se possa concluir tão rápido quanto possível para que o futuro Governo tome a decisão final”, considerou o governante durante a apresentação da discussão pública do corredor do IP3, em Mortágua.

No seu entender, este projeto “tem influência sobre a competitividade dos territórios, sobre a competitividade das empresas”, com “o grosso” da empreitada à disposição de financiamento privado.

“Não significará para os contribuintes um sobre-esforço no futuro. É nosso convencimento que há mercado e interesse privado nesta ligação e nesta obra”, concluiu.

O debate no parlamento do Programa do Governo hoje entregue ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, está marcado para segunda e terça-feira, dias 09 e 10 de novembro, e a sua rejeição – através de moções que foram já anunciadas por PS, BE, PCP e PEV – implica a demissão do executivo.

Fonte Lusa

 

Pode ver também

Borges da Silva declara estado de emergência para Nelas por causa da falta de água

Borges da Silva adiantou à TSF que vai declarar estado de emergência para Nelas por …

Comente este artigo