Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / BE alerta o Governo para a urgência da descontaminação das casas da Urgeiriça

BE alerta o Governo para a urgência da descontaminação das casas da Urgeiriça

A exploração, pelo Estado, da mina da Urgeiriça, situada na freguesia de Canas de Senhorim, tem vindo a trazer várias complicações aos moradores da região. A produção de óxido de urânio deixou marcas quer a nível ambiental, quer a nível da saúde pública, pelo que Pedro Soares, deputado e representante do Bloco de Esquerda na Assembleia da República, relembra ao Estado a urgência da descontaminação das casas de habitação.

Esta situação teve início na década de 50 do século XX e desde aí que os moradores têm reivindicado ao Estado que se concretizem várias medidas, devido à intensa exploração de urânio e aos prejuízos que daí advêm. É verdade que o Estado tem vindo a corresponder em alguns aspetos, nomeadamente na recuperação paisagística e na compensação por morte emergente de doença profissional dos trabalhadores da Empresa Nacional de Urânio e às respetivas famílias, entre outras destinadas à saúde ambiental. No entanto, Pedro Soares afirma que não faz sentido o Estado investir em medidas que se destinem à saúde pública dos moradores e, simultaneamente, continuar a permitir que estes habitem em casas cuja radioatividade é elevada.

O Governo, mais especificamente o Secretário de Estado da Energia, assumiu o compromisso de acelerar o processo de descontaminação das casas, de modo a proteger a saúde dos moradores e até ao momento ainda não cumpriu com as suas tarefas. Os moradores da Urgeiriça continuam insatisfeitos e preocupados, com o problema por resolver, e, nesta medida, o Bloco de Esquerda viu-se obrigado a relembrar o Governo da necessidade de aceleração do processo de descontaminação.

O Bloco de Esquerda, pela voz de Pedro Soares, pretende que o Governo resolva o problema e não que o atenue com medidas insuficientes.

 

 

Pode ver também

Académico de Viseu “não esquece o caso Santa Clara”

A direção do Académico de Viseu revelou em conferência de imprensa que não vai esquecer …

Comente este artigo