Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarca de Sátão recebe garantia de que tribunal se mantém com actuais competências

Autarca de Sátão recebe garantia de que tribunal se mantém com actuais competências

Foi no dia 29 de Maio de 2017 que a Secretária de Estado Adjunta da Justiça, Helena Ribeiro, anunciou que os processos de Penalva de Castelo, tratados no Tribunal de Sátão, iriam regressar a Mangualde, com a implicação de o Tribunal de Sátão passar a Instância de Proximidade.

O anúncio foi suficiente para criar desconforto entre os vários responsáveis políticos dos concelhos em causa.

Alexandre Vaz, autarca satense, surpreendido na altura com a “suposta” decisão garantiu que a questão dos processos de Penalva passarem para Mangualde não era mais do que uma “mentira perfeita” de uma “campanha eleitoral” e foi à procura de respostas.

Há cerca de quinze dias, a CIM Viseu Dão Lafões convocou uma reunião, em Vila Nova de Paiva, na presença do Director Geral da Administração da Justiça Luís Freitas com o intuito de falarem da reforma do mapa judiciário. À discussão surgiu a questão há muito aguardada. Afinal, como ficamos com os processos de Penalva do Castelo?

Alexandre Vaz garantiu que, apesar dos processos de Penalva regressarem a Mangualde, Sátão continua a ser (e ao contrário do que tinha sido afirmado) de Instância Genérica e não de Proximidade.

A garantia é dada por Luís Freitas que deixou Alexandre Vaz à vontade para lhe ligar a chamá-lo de “aldrabão” caso isso não acontecesse.

Satisfeito… o autarca satense afirma que não estava preocupado com a transferência dos processos de Penalva, mas sim com a perda das competências do Tribunal do Sátão.

Alexandre Vaz enaltece o autarca de Vila Nova de Paiva, José Morgado, por ter mantido desde o início a mesma postura independentemente da sua cor partidária.

Nessa reunião estiveram reunidos, segundo Vaz, os autarcas de Penalva do Castelo, Vila Nova de Paiva e dois vereadores das Câmaras de Castro Daire e Oliveira de Frades.

Notícias relacionadas:

Processos de Penalva para Mangualde é “mentira perfeita” de uma “campanha eleitoral”

Sátão: Ministra da Justiça confirma diminuição de competências no tribunal

Sátão vai deixar de “ter tribunal” e passa a contar com um juiz de proximidade

 

Pode ver também

Chamas voltam a Mangualde e fazem uma vítima mortal

As chamas voltaram a ameaçar Mangualde e chegaram mesmo a fazer mais uma vítima mortal, …

Comente este artigo